Sistema Solar

 

O Sistema Solar é composto por uma estrela central, o Sol, ao redor do qual giram planetas, cometas e asteróides. Além do Sol, existem muitas estrelas no Sistema Solar, que não giram ao redor dele, porém com ele. Algumas dessas estrelas formam as chamadas constelações zodiacais, que em número de doze formam um cinturão ao redor do Sistema Solar, estabelecendo um limite. Partindo desse princípio, a Astrologia trabalha através de um mapa, ou seja, o desenho do Sistema Solar no momento do nosso nascimento (porque a nossa energia manifestou-se quando o todo estava assim).

 

 

 

Analogamente, assim como no Céu, no nosso mapa, na parte mais externa do Sistema Solar encontramos as doze constelações zodiacais, cujas estrelas giram no sentido horário, nessa parte portanto, encontramos os doze símbolos correspondentes a elas, chamadas na astrologia de signos. Na parte interna do Sistema Solar, temos os planetas que giram no sentido anti-horário.

 

 

 

 

Na nossa Mandala de nascimento (Mapa Natal), também encontraremos na parte externa as estrelas, ou seja, os doze signos que giram no sentido horário e na parte interna os planetas que giram no sentido anti-horário.

 

 

 

 

 

Concluindo: Constelações zodiacais e signos, significam a mesma coisa, só que constelação zodiacal é um termo astronômico, enquanto que signo é um termo astrológico. Ambas as ciências lidam com os corpos celestes. A astronomia visa o corpo físico do corpo celeste e a astrologia visa a parte energética do corpo celeste.