Olho de Tigre

                 

O cor do Olho de Tigre varia do dourado ao castanho. É uma linda pedra de quartzo, de aspecto cintilante e com suave brilho interno. Ele é formado a partir de outro, chamado olho-de-falcão, em decorrência de uma transformação.  

 

 

Possui um mito de ser os “Olhos de Deus”, ou o “Olho do Deus Sol”, devido ao seu brilho de refração interna, que lhe confere o aspecto de olho de um animal, o Tigre.

Este quartzo tem o poder de aumentar a intuição e alertar contra todos os perigos. Atribui-se a ele a capacidade de melhorar a visão e aumentar o poder intuitivo de quem o usa alertando contra perigos ou inimigos. Associado à terra, este mineral atrai dinheiro e favorece as relações sólidas; além dos amigos sinceros e verdadeiros.

No Ceilão, é usado como amuleto para afastar espíritos malignos.   No Oriente, acredita-se que o Olho-de-Tigre tem poderes para ajudar no tratamento da artrite e problemas na coluna, especialmente da base cervical.

Possui também uma energia bastante forte, ligada à autoconfiança, autovalorização, é uma pedra que ajuda a assumir nosso poder interior, fazendo acreditar em nós mesmos e seguir em frente com nossos projetos. É indicado para pessoas que perderam a vontade de trabalhar e acham que tudo é ruim devido ao seu destino (igualmente ruim).  Ajuda a enfrentar adversidades, mudanças, trazendo uma nova visão de força e capacidade para realizar ou enfrentar.

 

 Ela traz a Proteção Divina através da Força Interior, do assumir-se, do garantir-se, do acreditar em si mesmo e em seus potenciais.  É a pedra do “EU POSSO!”, “EU FAÇO!”, “EU CONSIGO!”.

Também é a pedra que nos sintoniza com o sucesso, a prosperidade, a sorte, o ganho, o poder ligado à vontade e Justiça Divina, que cumpre os benefícios por merecimento. Basta você querer e se colocar na intenção de alcançar! O importante é agir; sem pensamentos negativos, ou afirmações de dificuldade e negatividade! 

Mentalize a força do cristal e use-o na forma de pingentes, enfeites, pulseiras, brincos ou colares.