Horóscopo Druida

ou

Horóscopo das Árvores

ou

Horóscopo Celta

 

Nas florestas da Gália e da Bretanha, viviam os druidas, magos e sacerdotes que tinham grande influência sobre os celtas, povo que viveu naquela região. Desde os tempos antigos, as árvores têm desempenhado papel importante na medicina popular, no xamanismo, na magia e na superstição. Suas raízes, cascas, folhas, galhos, sementes e frutos curaram muitas doenças, protegeram casas, seres humanos e animais contra o mal, a má sorte e os raios, trouxeram força para bebidas e poções mágicas e afrodisíacos, e auxiliaram bruxos e feiticeiros no lançamento de todos os tipos de encantamentos. O culto às árvores é a primeira forma que surgiu de religião. O culto envolvia originalmente o sacrifício de seres humanos e de animais aos "espíritos das florestas" em troca de proteção contra o infortúnio. Finalmente esse costume bárbaro foi abandonado e surgiram atos mais civilizados e menos repulsivos, como o bater na madeira para afastar olho-grande, que se mantém até hoje. No culto às árvores de muitas culturas pagãs antigas, a maioria delas era tida como feminina, e sua seiva, oferecida em cálices dourados aos deuses.
 

Para ver a linda oração celta matinal, clique na cruz celta.

Oração Celta da Manhã

Talismãs Celtas

 

Amantes da natureza, os celtas, povo que habitava a Gália Central, deixaram através de sua cultura, a forma de relacionar elementos ligados a natureza, como as árvores, chamado de Horóscopo Celta.

Esse horóscopo é constituído por 21 espécies de árvores, relacionados a vários períodos do ano. Eles achavam que cada árvore retratava um tipo de personalidade, que influenciaria cada nativo que nasceu no seu período; dessa forma, criaram um horóscopo com 21 signos.

Pela data do nascimento, localiza-se a árvore de seu signo no horóscopo druida e dessa forma saberemos mais sobre nós. Para conhecer o seu, clique na arvorezinha.

Botão Árvore Data de nascimento
Carvalho dia 21 de março
Ipê dia 21 de junho
Oliveira dia 23 de setembro
Jacarandá dia 21 de dezembro
Macieira de 22/12 a 01/01 e de 22/6 a 04/07
Cedro de 02/01 a 11/01 e de 05/07 a 14/07
Quaresmeira de 12/01 a 24/01 e de 15/07 a 25/07
Cipreste de 25/01 a 03/02 e de 26/07 a 04/08
Álamo de 04/02 a 08/02 e de 05/08 a 13/08
Coqueiro de 09/02 a 18/02 e de 14/08 a 23/08
Pinheiro de 19/02 a 29/02 e de 24/08 a 02/09
Salgueiro de 01/03 a 10/03 e de 03/09 a 12/09
Eucalipto de 11/03 a 20/03 e de 13/09 a 22/09
Aveleira de 22/03 a 31/03 e de 24/09 a 03/10
Bambu de 01/04 a 10/04 e de 04/10 a 13/04
Bordo de 11/04 a 20/04 e de 14/10 a 22/10
Paineira de 21/04 a 05/05 e de 24/10 a 11/11
Mangueira de 06/05 a 24/05 e de 12/11 a 21/11
Acácia de 25/05 a 03/06 e de 22/11 a 01/12
Seringueira de 04/06 a 13/06 e de 02/12 a 11/12
Figueira de 14/06 a 23/06 e de 12/12 a 21/12

Existem algumas controvérsias (nas literaturas), quanto as datas e as árvores que nominam os signos.

 

  ou