Vrisha

16 de maio a 15 de junho

Deus regente: Sukra (associado ao planeta Vênus)

 

Pedra: Esmeralda

 

Números: 2, 38, 407

 

Palavra-chave: Posse

 

Áreas em que mais se destaca: Tecelagem, paisagismo, estética, terapia corporal, arquitetura, administração de empresas, agronomia, medicina veterinária, corretagem de imóveis.

 

 

De acordo com a mitologia hindu, Sukra, o deus que rege esse signo, era filho de Brighu, um grande sábio. Depois de cultuar o poderoso deus Shiva durante milênios, Sukra foi agraciado com o dom de ressuscitar os mortos. Mas Sukra usou esse poder e ressuscitou os demônios derrotados pelos deuses do Bem. Irado, Shiva engoliu Sukra e só o libertou depois de derrotar o exército do mal.

 

 

O nativo de Vrisha é delicado, sensível e amoroso. Faz possível para agradar as pessoas que ama e se magoa profundamente quando percebe que o carinho dedicado aos outros nem sempre é retribuído.

 

 

Esse mito ilustra a ingenuidade da pessoa regida por Sukra. Iludida pelos outros, ela muitas vezes ajuda quem não merece. E, pior ainda, tende a persistir no erro - exatamente como Sukra, que insistiu por muito tempo em ressuscitar os inimigos dos deuses.

 

Isso significa que, para o nativo de Vrisha crescer. Ela precisa vencer a teimosia e respeitar mais as outras pessoas.

 

Além disso, esse nativo tem um desafio: selecionar melhor as pessoas com as quais vai se relacionar e ser mais flexível, aceitando as próprias derrotas e admitindo o fato de que em sempre está com a razão.

 

Quem nasceu sob este signo também se caracteriza pela possessividade, pelo apego aos bens materiais e pela necessidade de segurança emocional.