26 - Curiosidade:

 

 

 

Os “numerais arábicos” que usamos (1, 2, 3, 4, 5, 6, etc.), têm esse nome porque foram   popularizados pelos árabes, mas a sua origem remonta aos comerciantes fenícios que os usavam para contar e fazer a contabilidade comercial.

Mas você alguma vez pensou por que motivo “1” significa "um", “2” significa "dois“, etc.?

Qual é a lógica que há por detrás dos números arábicos ou fenícios?

Muito simples: trata-se de ângulos. 

Se você escrever o número na sua forma primitiva, verá o seguinte:

 

As figuras foram moldadas de tal forma, que cada uma continha um apropriado número de ângulos.

O número 1 contém um ângulo; o número 2, dois ângulos; o 3, três ângulos; e assim por diante. O zero, significando nada, não possui ângulo.