Uso dos fitoterápicos:

 

 

Uso da LUA de acordo com as doenças:

 

Lua Minguante: Usar para inflamações e para diminuir as doenças

Lua Nova: Renova os tecidos, usar quando existe um processo longo; plantas usadas para úlceras e feridas.

Lua Cheia: É excelente para as raízes (cuidado com as outras partes do vegetal, pois existe muita potencialidade e pode-se errar nas dosagens).

Lua Crescente: Deve ser usada em casos de anemia, fraqueza e doenças terminais.

 

 

Meses para se usar as ervas, no caso das verminoses:

 A) Para vermes cilíndricos: Oxiúros, Amarelão, Áscaris, etc.. Os vermífugos devem ser pilados diariamente; para crianças e cachorros pequenos à dar uma colher de café na água ou leite em jejum. A Erva de Santa Maria é excelente para ascaridíase. Tomar somente nos meses sem R: Maio, Junho, Julho e Agosto (corresponde ao inverno), que são meses, que não vão afetar o ciclo pulmonar da Áscaris; pois caso contrário pode: asfixia. Dosagem durante 3 dias: 5 gotas para crianças, até 1 ano e meio (1 colher de café); 25  gotas para crianças   mais ou menos = 7 anos (1 colher de chá – para cachorro grande);  50 gotas para adultos.

    B) Para protozoários: Usar a Hortelã – Mentha crespi - possuí galho roxo e flor crespa, bem miudinha. Dar 25 gotas – repetir após 10 dias ; adulto até 50 gotas. Fazer todos os dias à extrair o suco: socar e pilar.

    C) Para vermes chatos, por exemplo, Taenia: Usar somente de abóbora e coco, durante 2 dias em jejum.