Erva-doce

 

A erva doce, o celebrado "finocchio" dos italianos, foi introduzido no Brasil pelos primeiros colonos portugueses, impressionados com as propriedade medicinais dessa hortaliça nessa época, atribuía-se a ela poderes para curar dores de cabeça, combater a caspa e a miopia, regular a urina, fecundar mulheres estéreis...

Com o tempo, essas propriedade foram sendo desacreditadas, permanecendo porém suas virtudes estomáticas e estimulantes.

Destilada, a erva-doce entrou também na fabricação de licores deliciosos como o absinto e o anisete, emprestando a eles seu perfume e seu frescor. Muito apreciada nas saldas, a erva-doce surpreende por sua versatilidade no preparo também de pratos quentes. Confira a seguir.

 

1. Sopa de Erva-doce

 

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de molho de manteiga;

 1 colher (sopa) de farinha de trigo;

3 xícaras de erva-doce picada;

1½ litro de caldo de legumes;

2 dentes de alho esmagados;

1 cebola batida;

6 tomates;

pimenta;

sal.

 

Preparo:

Doure a cebola e o alho na manteiga. Bata os tomates no liquidificador, passe pela peneira e junte. Refogue rapidamente. Acrescente o caldo, o sal, a pimenta e a erva-doce. Cozinhe por 30 minutos. Desmanche a farinha num pouco de água e acrescente à sopa. Misture bem e deixe por mais 10 minutos. Sirva quente.

 

2. Suflê de Erva-doce

 

Ingredientes:

 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado;

1colher (sopa) de farinha de trigo;

1colher (sopa) de manteiga;

¼ de litro de leite;

4 ervas-doces;

3 ovos;

sal.

 

Preparo:

Cozinhe a erva-doce em um pouco de água e sal. Se quiser que ela se mantenha bem branca, junte um pouco de farinha á água do cozimento.Escorra bem. Depois, moa ou pique muito bem. A seguir, prepare um molho branco: derreta a manteiga, junte a farinha e aos poucos, despeje o leite fervente. Cozinhe por alguns minutos, sem parar de mexer. Tire do fogo e deixe esfriar. Acrescente então a erva-doce moída, o parmesão, as gemas, uma a uma e tempere com sal a gosto. Mexa bem e adicione aos poucos as claras batidas em neve firme, mexendo delicadamente. Unte uma forma refrataria e polvilhe com farinha de trigo. Despeje a mistura já preparada e leve ao forno moderado por 45 minutos. Sirva quente.

 

3. Erva-doce ao molho verde


Ingredientes:

1 colher (sopa) de bem cheia de salsa picada;

 manteiga ou azeite;

½ kg de erva-doce;

pimenta do reino;

farinha de trigo;

¼ litro de leite;

 sal.


 Preparo:

Cozinhe a erva-doce em água e sal, sem deixar que amoleça demais. Aqueça a manteiga ou o azeite, acrescente a farinha de trigo,mexa bem e despeje o leite fervente, sem parar de mexer para não encaroçar. Ficará um molho branco meio líquido. Acrescente então a salsa picada e a erva-doce. Junte uma pitada de pimenta do reino e, se  necessário,  um pouco mais de sal. Conserve em fogo brando por mais alguns minutos para tomar gosto e sirva quente.

 

4. Erva-doce à parmegiana


Ingredientes :

3 ervas-doce; sal.

Molho:

6 tomates sem pele nem sementes;

2 dentes de alho esmagados;

2 xícaras de queijo ralado;

10 a 12 azeitonas pretas;

1 cebola bem batida;

 2 folhas de louro;

pimenta do reino;

½ xícara de óleo;

sal.
 

Preparo:

Limpe e lave as ervas-doces. Cozinhe em água fervente com sal por 30 minutos. Retire, corte ao meio e escorra numa peneira. Prepare o molho: doure a cebola e o alho no óleo. Junte o tomate picado, o louro, o sal e a pimenta. Cozinhe em fogo baixo por 20 minutos, com a panela tampada. Ponha a erva-doce numa forma refrataria e espalhe o molho por cima. Distribua as azeitonas e polvilhe o queijo. Leve ao forno por 10 minutos.