Talismãs Egípcios

 

 

Há muitos séculos, os egípcios possuíam centenas de talismãs dedicados aos seus muitos deuses e já tinham descoberto seu poder. Você também pode usar a força desses símbolos mágicos: para isso, basta copiá-los num papel, numa pedra ou num pedaço de madeira. Depois, é só carregá-los junto ao corpo ou deixá-los num lugar onde possa vê-los com freqüência. E lembre-se de que, como o talismã é um captador de energia, não é conveniente que outras pessoas toquem nele.

Veja a seguir o significado dos símbolos de oito talismãs egípcios e a sua aplicação.

 

         

A   CRUZ   ANSADA

É um símbolo antiqüíssimo, talvez a origem de todas as outras cruzes. Corresponde ao símbolo RA, da Vida, ou "Ankh". É a CHAVE DO  NILO, dom dos magos egípcios para a humanidade. Pode ser usada por todos inclusive pelas crianças. Relacionado a todas as manifestações de vida, ele traz prosperidade e também a lucidez necessária para tomar decisões acertadas diante dos desafios do dia a dia.

 

O   olho  de  Hórus 

Criado para homenagear HÓRUS, o deus que  segundo a mitologia egípcia, governava todos  os movimentos do Sol e todos os seres humanos. O olho de Hórus  além de proporcionar saúde física,  Também favorece a busca da iluminação e do desenvolvimento espiritual.

 

O ESCARAVELHO

Um besouro muito comum no Egito, estava associado a Kefer, divindade responsável pela transformação da matéria em vida. Ele renova as energias, protege contra todos os males e proporciona vida longa e feliz a quem o usa.

 

 

 

O AMANHECER

Consagrado ao Deus Rá, representa o ponto onde o Sol nasce no horizonte e simboliza o princípio da criação. Indicado para auxiliar em momentos de crise, que envolvem profundas mudanças na vida, principalmente aquelas que envolvem reavaliação do passado.

 

A SERPENTE

Talismã muito poderoso, presente em quase todas as culturas, a serpente representa a manifestação da energia criadora e a ligação entre o céu e o mundo das trevas. Traz sabedoria, desenvolve a intuição e favorece a saúde.

 

O CORAÇÃO

Os egípcios acreditavam que o coração era a morada da alma e, para evitar que ela escapasse ou fosse maltratada, colocavam sobre o peito um objeto com esse formato. Como talismã, o coração traz proteção em todos os assuntos ligados á vida afetiva.

 

KA, A ALMA

Os egípcios davam o nome de Ka ao principio da vida e da energia, que representavam com um par de braços sem cabeça. Apesar de estranha, essa imagem traz muita força e vitalidade, além de favorecer bastante o relacionamento afetivo.

 

cabeça de cobra

É outro símbolo poderoso. Esse talismã simboliza a salvação e a proteção, é inspirado em Ísis, uma deusa relacionada com ritos em homenagem à Lua e  às vezes representada como uma serpente. Seu uso continuo ajuda a evitar desgraças e protege contra todo tipo de ataques e agressões.

 

       

ou