3 - Resgate

 

 

Todos os que vieram a encarnar e não cumpriram a sua missão espiritual, a sua promessa e que não realizaram o desejo, a vontade e o querer praticar o bem, precisam resgatar cada ato e comportamento, que infringiram ao outros seres.

Todos os resgates têm a finalidade de aliviar o espírito das pessoas que cometeram erros ou injustiças, tanto pelo pensamento, pela mente e por meio de imagens, pela ilusão e pela criatividade. Eles trazem benefícios para elevação de alma e de espírito, através de conceder o perdão e ser perdoado.

Todos os resgates, de todas as vidas, estão acontecendo nesta encarnação para que cada um possa cumprir a sua missão e o seu trabalho Divino e se preparar para a vida eterna.

Nesta vida, cada um está cruzando ou reencontrando outra pessoa para poder resgatar, tanto o que infringiu ou foi infringido. Quando o resgate acontece ao conhecer o outro, torna-se mais fácil, evitando lembranças de outras vidas  e lembrando-se somente do espírito da pessoa que conheceu em  vidas passadas.  Porém não reconhecendo a pessoa e sem ter as lembranças do passado, a forma de resgate será natural, espontânea e instantânea.

O resgate precisa ser realizado através da vontade, do desejo e do querer de cada um para com o outro, em amor verdadeiro e sincero, para que seja mais rápido e para que não precise passar por duras e difíceis purificações e sofrimentos.

 

Carmas

 

 

Correspondem as dívidas adquiridas pelo espírito da pessoa; tudo que o espírito encarnado ou desencarnado não aceitou, não cumprindo a sua Missão Sagrada. É tudo que se adquiriu por termos prejudicado outras energias ou espíritos; conscientes ou não, ficamos devedores com o Plano Divino, por não termos resgatado em vidas passadas.

 

Carma original

 

 

Através da evolução humana, em todos os tempos, os seres humanos receberam a graça de poderem evoluir e desenvolver, formando povos e civilizações.

A primeira civilização que existiu era formada de povos nômades que viviam de vegetal e de caça animal, sendo espíritos puros da natureza que usavam a Intuição e o Instinto.

Após muitas eras de desenvolvimento e evolução, já usavam a Intuição, o Instinto e a Criatividade, criando o fogo e fazendo alimentos cozidos, sendo espíritos ainda puros e fluídicos.

Antes da Era Cristã, Deus concedeu a graça aos homens, através de Adão e Eva, para que pudessem usar a Razão, para serem conscientes e fazer o uso correto de suas energias, passando a ter a Concepção da Verdade. Receberam a graça de usar o Livre Arbítrio, a Intuição, o Instinto, a Criatividade e a Razão-Inteligência.

Adão recebeu a Graça Divina de viver no Éden e de ser espírito puro consciente, junto com Eva. Recebeu a Revelação Divina para que fosse puro e que não cometesse o pecado, para não criar o Carma. Porém, como Eva o traiu, fazendo Adão pecar, foi criado o Carma dos Homens e da Humanidade, que mais tarde, Jesus Cristo veio resgatar na Terra, pelo ensinamento do Amor e do Perdão. Esse foi o primeiro carma infringido à vontade de Deus e que agora está sendo resgatado por todos, através do arrependimento e do perdão.

Hoje, o Carma Original, está sendo novamente criado por muitos que estão praticando o mal, através do corpo, atitudes e ações e, também, por não terem pudor, virtude, dignidade e moral, prejudicando a si próprio e a outros seres.

 

Carma de si próprio

 

 

Os espíritos que, em vidas passadas, cometeram infrações graves, nascerem (nesta vida) no corpo físico como deficientes físicos ou mentais. Para resgatar o carma próprio, é preciso fazer com que cada pessoa possa aceitá-lo e também as condições limitadas por sua deficiência, fazendo despertar em outras pessoas a consciência da ajuda espiritual, com amor verdadeiro, trazendo felicidade ao espírito. O resgate para as outras pessoas é o fato de quando se depararem com eles, sentirem compaixão, amor, caridade, fraternidade; e, ao olhar para si próprio, agradecerem à Deus pela sua perfeição.

 

Carma de família

 

 

O carma de família é dado aos que prejudicaram outras famílias, através de: brigas por terras, inimizades, atritos, mortes, roubos, casamentos não aceitos, triângulos amorosos, enfim quando uma pessoa da família houver causado prejuízo à  outra.

Quando o carma é dado para a família resgatar, o espírito mais evoluído é o que vem para o resgate, podendo possuir deficiências (cegueira, surdez, deformidades, mudez, retardo mental), de acordo com o preço de sua purificação.

Para a família resgatar seu carma, precisa se conscientizar e se arrepender, pedindo perdão em nome de todos os familiares e antepassados. Esse resgate é dado fazendo-se caridades, orações, preces em nome da família, para todas as famílias do mundo todo.

 

Carma por conflitos

 

 

Todos os carmas adquiridos em vidas passadas, quando um ser prejudicou o outro por: brigas, guerras, lutas, confrontos, intrigas, incompreensão, inveja, olho gordo, egos não satisfeitos, estão sofrendo resgates servindo aos que foi prejudicou. Os que foram, em vidas passadas, patrão e empregado; nesta vida terão as condições invertidas, onde o que sofreu será líder ou superior. Quando o homem prejudicou muito a mulher em vidas passadas, nesta vida o homem vem como mulher, tendo que servir ao marido, podendo assim resgatar o carma.

Para resgatar, é preciso primeiro entender que prejudicou ao outro em vidas passadas ou mesmo na presente e precisa agora, ter humildade e aceitação, procurando fazer o outro feliz. Esse resgate se completa quando se pede perdão e arrependimento de um para com o outro (em pensamento), cruzando as energias para que possam se harmonizar, fazendo com que um perdoe o outro.

 

Carma por homossexualismo

 

 

Os que têm carma por homossexualismo, são os que maltraram muito a outros em vidas passadas e nesta vida. O que foi judiado e infringido vem tentado usar o ofensor, através do sexo; podendo também nascer sexualmente deformado.

Para poder resgatar, é preciso pedir perdão a Deus por usar o sexo de forma contrária, para que possam resgatar com os que foram prejudicados, pedindo arrependimento, perdão e fazendo pedidos de graças para os que hoje são homossexuais.

 

Carma de viver em planetas inferiores

 

 

É o resgate mais difícil e quase impossível, que é dado par os espíritos desencarnados em dimensões inferiores, que vivem nos planetas Netuno (os incrédulos), Plutão (os que cometeram atos bárbaros) e por não se encontrarem na luz, estando pesados, densos, cegos, negativos, nas trevas e escuridão não conseguindo se libertar. É preciso de muita ajuda em orações e preces, de muitas missas, pedidos de graças, de muitas vibrações, de trabalhos espirituais de elevação de alma e de espírito.

Muitos familiares desses espíritos não têm o entendimento, nada fazendo para ajudar e melhorar as condições de luz, vivendo no mundo somente material, só comem e dormem e esquecem de rezar para os mortos e seus familiares. É preciso pedir arrependimento e perdão em nome dos mortos da família, para que possam receber a graça da absolvição.

 

Carma por dinheiro

 

 

É dado o carma, quando em vidas passadas ou nesta vida, a pessoa fica pior quando tem muito dinheiro: não tendo compaixão dos necessitados, sendo avarenta e apegada ao dinheiro, não dando o devido valor a ele, esquecendo-se da caridade, da fraternidade e do amor ao próximo.

 

Carma de vidas passadas como samurais e outros

 

 

O carma é para os que nas vidas passadas não tiveram respeito com a vida do ser humano, não respeitando o livre arbítrio, impondo o autoritarismo e o poder. É o carma dos samurais, militares, policiais, soldados, guerreiros, lutadores, gladiadores e todos que abusaram do poder.

Como carma nesta vida recebem maus tratos, podendo ser usados como escravos e animais ou nascerem com o corpo deformado (tiveram consciência dessa condição, antes de nascer). Ele é dado para que possam resgatar, dando-se o devido valor, respeitando e tendo consideração com outras pessoas. O resgate é alcançado, quando há misericórdia da parte do agressor e ele aprende  a tratar os outros com mais respeito, mais amor e mais carinho.

 

Carma espiritual

 

 

O carma espiritual é dado também para aqueles que não cumpriram a sua missão espiritual completa e hoje precisam ser instrumentos Divinos, sendo líderes de religião, seita ou místico. Todos que têm esse carma é porque fizeram promessa antes de nascer; e enquanto não assumem a sua espiritualidade, ficam devedores com o Cosmos, ficando com o carma.

Para que possam resgatar, é preciso que se conscientizem e cumpram a sua Missão Sagrada prometida a Deus, servindo a todos os que necessitam de sua liderança.