13. MEDIUNIDADE

 

 

 

A mediunidade é a comunicação dos espíritos encarnados com os Espíritos Santos do Plano Divino e Cósmico e dos planetas: Saturno, Vênus, Marte e Júpiter. A mediunidade aflora quando chega o momento do crescimento espiritual no sentido vertical.

Somente os espíritos evoluídos e desenvolvidos conseguem usar a mediunidade, por serem consagrados, elevados, conscientes e verdadeiros; por isso, aquele que recebe a Graça Divina do despertar para a Verdade usa a intuição para captar e perceber tudo o que é dado por Deus, através de sua dedicação como Instrumento de Luz para realizar, com Fé Concreta, todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, para todos os planetas e dimensões.

O médium perfeito é puro de espírito e consegue entender, compreender e aceitar o mundo espiritual, fazendo uso correto de sua potencialidade, para abranger ao mesmo tempo, todas as energias de seres viventes de todos os planetas e dimensões.

Todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos são realizados e concretizados pelo médium perfeito, junto com Deus, Jesus, Maria e José, todos os Espíritos Santos, Mentores, Fadas, Anjos, Gnomos, Duendes, todos os Guias de Santidade, de Poder e da Natureza, com todas as Falanges, Astros, Astronautas e Naves.

Seu acesso aos Planos: Divino e Cósmico, em todos os planetas, é imediato e instantâneo. Isso quer dizer, que a mediunidade é desenvolvida através do Contato Imediato de 3º Grau e das Revelações Divinas e Cósmicas, recebidas em pensamento.

Tudo o que for realizado e concretizado na Luz estará sendo dado e concedido em Graça a todos, de todos os planetas e dimensões, através do médium perfeito. Assim, todas as Graças poderão ser alcançadas e todos os problemas e purificações solucionados, através da correção e conserto daquilo que não está perfeito e iluminado, para se tornar purificado, harmonioso e sintonizado com todos dos Planos: Divino e Cósmico.

Se o médium atingiu uma dimensão maior mas não percebeu que sua capacidade e seu potencial aumentou, pela dedicação e formação interior em todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, dá-se uma purificação sutil através do espírito, que receberá a descarga da energia compacta que se formou no inconsciente, que se transforma em consciente através da energia gelada e rápida, que dá uma sensação de partida.

É preciso estar mais fluídico e mais consciente de tudo o que se recebe através de Revelações Divinas e Cósmicas pelo pensamento, sentimento, emoção, consciência e Fé Concreta. A maioria dos médiuns negativam e ficam com medo, causando sofrimento e dor, suando frio e transpirando de dentro para fora, tendo uma sensação de perda.

Quando o médium perfeito recebe a Revelação Divina, entende, compreende e aceita, não purifica e não sofre, mas sente a alegria de estar mais leve, fluídico e iluminado.

Se o médium bloqueia e não dá passagem para a Revelação Divina e Cósmica, é porque ainda não entendeu e compreendeu a sua mediunidade e não está usando o seu potencial de Luz e Força Divina e Cósmica.

 O médium que bloqueia, purifica instantaneamente, porque, mesmo no momento de receber uma graça, não dá passagem e não permite que ela seja concedida; por ter dúvidas, não percebe que está cortando sua própria sorte.

Todos aqueles que bloqueiam, pensam, agem e têm comportamento mais voltado para si e àqueles que os rodeiam, não conseguindo ser totalmente universais. Isto quer dizer, que contatam somente os espíritos que desejam e para quem querem se dedicar.

Todo médium recebe Revelação Divina mais de uma vez, por intuição; mas se não ouvir, obedecer, realizar e concretizar o Trabalho Divino e Cósmico como Instrumento, purifica e sofre.

 

 

Médiuns, Instrumentos Divinos

 

Todos os médiuns têm o seu dom pelo que já fizeram na prática do bem em vidas passadas.  Por isso, que vieram para a cura, para o atendimento, para servir, ensinar, orientar, receber psicografias, desenhos, grafias, imagens e mensagens em Revelações Divinas, devem começar cedo as suas Missões Sagradas, não deixando de cumpri-las dentro de uma encarnação, sendo Instrumentos Divinos e Cósmicos na Evolução e Desenvolvimento do Espírito. 

Todos eles devem:

  Ter bons pensamentos, para praticar o bem e o amor ao próximo, verdadeiramente.

  Ter contato com Deus, Jesus, Maria e São José, com todos os Espíritos Santos e com todos os Espíritos de Luz.

  Fazer a limpeza da aura, do corpo etéreo e do corpo físico, cortando, quebrando e queimando toda a energia negativa. Desvincular de todos os obsessores vivos e mortos.

  Ter bom senso nos Trabalhos Divinos e Cósmicos.

  Ter Consciência da Verdade para ser um grande Instrumento e não escolher os Trabalhos.

  Estar sempre pronto a socorrer os que mais necessitam, a toda hora.

  Estar sempre na Corrente Cósmica, junto com todos os Guias dos Cosmos, Astronautas, Falanges, Astros e Estrelas.

  Saber analisar e conduzir todas as Revelações Divinas e Mensagens.

  Captar e perceber todas as vibrações e fluidos na Luz, compreendendo os Espíritos.

  Oferecer-se como Instrumento Divino e Cósmico, colocando a Luz Divina e Cósmica dentro de cada um e na Corrente Cósmica.

  Trabalhar com a Luz, com a cromoterapia e com todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos.

  Fazer o Batismo do Fogo Sagrado e o Batismo do Plano Divino, para a renovação dos Espíritos e todas as Consagrações.

  Usar a mediunidade para receber as Revelações Divinas de Ensinamentos, Orientações e Esclarecimentos.

  Não confundir as energias; saber distinguir as Energias Iluminadas, usando o conhecimento e a Sabedoria.

  Trabalhar, em dedicação plena, com todos os Espíritos de Luz, formando uma só Luz e um só Corpo de Cristo.

  Aprender e compreender a sua Missão Sagrada com humildade e amor.

  Ter gratidão e amor a Deus, Jesus, Maria e José, a todos os Santos, Mentores, Anjos, Fadas e Guias.

  Servir a todos com dedicação e bondade, fazendo realizar e concretizar em pensamento todos os Trabalhos da Obra Divina e Cósmica.

Ser Instrumento Divino e Cósmico, servir a Deus e ser feliz no Mundo Espiritual Divino, eternamente.

 

 

A mediunidade de fluídos pela captação e percepção 

   

Todos os médiuns perfeitos usam a mediunidade fluídica captando Energias Fluídicas e percebendo a Luz Fluídica em cada ser vivente, energias, espaço, lugares, ambientes e em  toda a natureza.

Quando o lugar ou espaço está pesado, denso e negativo, o médium sente a carga negativa dos mesmos ou daquele ser vivente e energia, captando a densidade e a força negativa pelos fluídos em vibração. Quando o lugar é iluminado e  energizado de Luz, capta-se a energia fluídica daquele lugar, espaço e de todos os seres viventes que ali habitam pelos fluídos de Luz.

Todos os médiuns perfeitos conseguem usar a mediunidade fluídica estando bem,  em paz e positivos, sabendo entender e compreender a cada energia, recebendo, em Revelação Divina, a explicação daquela percepção ou captação.

Todos os médiuns de fluídos que já vivem o Novo Sistema de Vida da Nova Era, estão elevando os seus espíritos e concedendo a graça de serem Instrumentos Divinos e Cósmicos.  A comunicação, entre os médiuns e os Planos Divino e Cósmico, é perfeita.

Para ser um médium de fluídos é preciso:

1º - Ter a Concepção da Verdade e não negativar, duvidando ou confundindo a vibração do que recebe através da Luz Fluídica, em cada Trabalho Divino e Cósmico.

2º - Saber usar todo seu potencial de Luz, para que possa ser bem consciente e verdadeiro na sua convicção de fé, em cada Trabalho Divino e Cósmico.

3º - Ter clareza, pela sua captação e percepção, em todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, para analisar e concluir dentro da Verdade, recebendo toda explicação e esclarecimentos dentro de si mesmo, para saber quem é o espírito, o que deseja ou pretende pela sua presença e comunicação pelos fluídos magnéticos, indagando a sua intenção.

4º - Pela clarividência, saber o que significa a sua presença na Luz Fluídica e como é em sua forma e tamanho.

5º - Ter firmeza e determinação na resposta para que a Entidade de Luz do Cosmos ou os Guias possam estar presentes para auxiliar no reconhecimento dos espíritos na Luz Fluídica, para ajudá-los a voltar a seus lugares.

6º - Nos casos de encostos de espíritos sem Luz, que têm uma vibração pesada e densa, saber conduzi-los, desvinculando e passando a Sabedoria Divina e Cósmica, antes de fazê-los voltar para o seu lugar com o auxílio dos Guias do Cosmos, com as Naves e seus Astronautas.

7º - Nas curas de todos os males, saber captar e perceber como está a vibração de cada um naquele momento, iluminando e fluidificando de Luz, para que possa se apaziguar e se tornar Luz.

8º - Todos os médiuns de fluídos, têm a capacidade de serem médiuns perfeitos, dedicando-se, verdadeiramente, ao amor ao próximo.

9º - Pela vibração em pensamento, mesmo à distância, realizar e concretizar todo e qualquer Trabalho Divino e Cósmico pela captação e percepção perfeitas, estando junto com Deus, Jesus, Maria e São José e todos os Espíritos Santos, todos os Mentores, Arcanjos, Serafins, Querubins, com as Fadas e Anjos, com o auxílio de todos os Guias da Natureza, de Poder e de Santidade, com todos os Astronautas e as suas Naves Cósmicas, Astrais, Supersônica e Laser, com todas as Falanges, com todos os Médicos Siderais, Cientistas, Astros, Estrelas, Cometas e todas as Constelações de Luz.

10º - Todos os médiuns de fluídos devem ter, comportamento, atitude e ação bem conscientes, para não errarem, criando carma, para não  pagarem ou purificarem com seus corpos físico, astral e etéreo.

11º - A bondade e o amor a Deus deverão estar em primeiro lugar para ser um bom e perfeito médium de fluídos, para que possa ser Instrumento do Divino.

12º - A Concepção da Verdade sobre o Mundo Espiritual deverá ser adquirida, recebendo Ensinamentos, Orientações e Esclarecimentos, vindos do Alto.

13º - O respeito e a diplomacia, cada um deve conseguir pela dedicação com todos dos Planos: Divino e Cósmico, sabendo respeitar a cada entidade como é, devendo ser Instrumento e Mediador entre  espíritos encarnados e desencarnados.

14º - O perdão e o arrependimento, quando ocorrer alguma negatividade ou desavença, deverão ser pedidos, corrigindo e consertando pela graça de usar a mediunidade perfeita.

15º- Todas as Consagrações do Planos: Divino e Cósmico, deverão ser recebidas através das Revelações Divinas e Cósmicas, recebendo por intuição, captação e percepção os fluídos e as mensagens de cada Entidade de Luz.

16º - Os médiuns deverão ter a Consciência da Verdade para não usar a sua mediunidade para ganhar dinheiro ou coisas materiais, mas devem saber que a graça que conseguem a cada Trabalho Divino e Cósmico, é dada e concedida por Deus, pelo merecimento de cada espírito.

17º - Todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos deverão ser bem feitos do começo ao fim e não devem ser abandonados.

18º - Todos os médiuns de fluídos deverão saber o porquê da purificação instantânea receberão recebendo como punição e purificação, por trabalharem com a maldade e ruindade, sentindo-se muito mal e incompreendidos por estarem negativos e sem Luz.

19º - Todo médium de fluídos perde a sua capacidade de captação e percepção, quando usa de má fé e não têm Consciência da Verdade.

20º - Todo médium de fluídos que não usa os seus potenciais, não consegue realizar e concretizar nenhum Trabalho Divino e Cósmico, porque não sente, não vê pelo terceiro olho e não sabe da importância do Trabalho Divino e Cósmico, na sua Evolução, Desenvolvimento e na Elevação de Alma e Espírito.

21º - Todos os médiuns deverão ajudar e prestar socorro a quem necessitar, tanto aos encarnados como aos desencarnados, para que cada um possa se libertar e fluidificar de Luz, na hora da purificação e do sofrimento.

22º -  Todos os médiuns de fluídos deverão respeitar a capacidade de outro médium, sem criticas.

23º - Todos os médiuns deverão ter muita Luz, virtude, nobreza, dignidade e convicção de Fé Verdadeira, para estar bem receptivo à captação e percepção dos fluídos.

24º - Todo médium de fluídos deverá estar bem iluminado, energizado de Luz e Força Cósmica e Divina, na Energia de Luz Tridimensional e Tripotencial, Quadridimensional e Quadripotencial, para ser mais rápido e veloz (receber os fluídos sabendo de onde vieram, de que planeta e qual a sua dimensão de Luz).

25º - Todos os médiuns de fluídos poderão se comunicar, em pensamento, com todos dos Planos: Divino e Cósmico e com todos, de todos os Planetas e Dimensões, na Quarta Dimensão do Novo Sistema dos Planetas Terra I, II, III, IV, V, VI e VII.  Todos os médiuns perfeitos precisam dar passagem para todos os Guias e para os Espíritos de Luz que querem se comunicar, passando mensagens de Luz, Ensinamentos, Orientações e Trabalhos do Cosmos e do Divino.

 

 

 

 

Consultar os Planos Divino e Cósmico para saber da Verdade, através da mediunidade

 

Todos aqueles que usam seus potenciais de Luz, sabem consultar os Planos: Divino e Cósmico antes de agir no seu dia-a-dia, para não cometer erros e ter que purificar.

Toda  consulta é  feita, normalmente, aos seus Mentores, Anjos, Fadas, Guias de Poder, de Santidade e da Natureza, através do pensamento positivo de Luz e Força Maior, e a resposta vem pela captação da intuição, sendo mostrada pelo terceiro olho para confirmar se as Revelações Divina e Cósmica foram bem compreendidas, entendidas e aceitas. Se houver dúvidas, a resposta Aqueles que não usam seus potenciais, não permitem que seus Mentores os ajudem, porque costumam estar sempre nervosos, ansiosos, chateados, tristes, preocupados, aborrecidos, inconformados, indispostos, incrédulos, briguentos, não dando passagem à Verdade, deixando-se obsessorar por espíritos sem Luz, que passam revelação totalmente errada, enganosa e negativa.

Quando isso acontece, é preciso pedir o arrependimento e perdão, levantando as mãos com as palmas viradas para cima (como na Oração do Pai Nosso), para poder reverter a negatividade e dar passagem à Luz e à Verdade.

A grande diferença entre a Revelação Divina e a revelação dos espíritos sem Luz, é que os obsessores só ensinam e passam pensamentos de maldade, que prejudicam ainda mais o espírito, criando o carma, a dívida e o débito.   Por isso, cada consulta deverá ser feita em pensamento, na tranqüilidade e na paz, para que a Revelação Divina possa ser bem clara e objetiva.

Um grande Instrumento de Luz e de Força Maior do Plano Divino, dos Santos, Arcanjos, Serafins, Querubins, Anjos, Fadas, Gnomos, Duendes e do Plano Cósmico, como os Guias de Poder, de Santidade e da Natureza, os Astronautas e suas Naves, saberá captar e receber respostas para todas as perguntas, tanto suas quanto de outros.

Todos os que têm mediunidade, sendo espíritos puros e que não fecharam a sua Luz, recebem uma resposta imediata  e perfeita.

Aqueles que usam de má fé e são negativos, sofrem por não saberem ser  espíritos conscientes da Verdade, causam grandes purificações e muitos sofrimentos para si mesmos e para outros, entrando em discórdia, conflito, brigas e insatisfações.

Muitos pedem ajuda aos médiuns perfeitos, que recebem por intercessão aos Espíritos Santos e também de todos dos Planos: Divino e Cósmico.

A consulta deverá ser bem clara e precisa, pela Fé Concreta, Convicta e Absoluta, para receber uma resposta objetiva e bem explicada de como executar os Trabalhos Divinos e Cósmicos. Quem receber a resposta deve agir imediatamente, em pensamento, firmando e determinando para, depois, concretizar na matéria, de acordo com os ensinamentos, orientações e esclarecimentos.  Todas as respostas vêm dos Planos: Divino e Cósmico, mas, se não acreditar ou se duvidar, a graça não será realizada.

Todos os trabalhos feitos em pensamento, são válidos quando há Fé Concreta, Convicta e Absoluta. Tudo é realizado e concretizado pelos Planos: Divino e Cósmico, mas se a pessoa contestar, por não entender, não compreender e não aceitar a resposta, não  receberá a graça por ter forçado a uma situação unilateral.

Quando a graça é alcançada, ou mesmo antes disso, é importante agradecer, lembrando que muitos passam, também, pelo mesmo sofrimento; por isso, é preciso doar a sua graça para outros, servindo de Instrumento Divino e Cósmico para trabalhar e dedicar-se no cumprimento de sua Missão Sagrada, para resgatar todos os seus carmas, dívidas e débitos de todas as vidas.

As graças alcançadas deverão ser oferecidas, também, aos que partiram e que se encontram nos planetas inferiores como Plutão, Netuno e no Intermediário Purgatório, para que sejam perdoados e recebam a graça da salvação.

O médium que serve de instrumento para as causas impossíveis como as de trabalhos feitos por maldade, é um espírito elevado, de Força e Luz Maior, Cavalo Branco do Pai, de Jesus, de Maria, de José e dos Espíritos Santos de Deus, que está trabalhando para o progresso da Planeta.

Em todos os tempos e em cada Planeta Terra, nascem espíritos médiuns perfeitos, Cavalos Brancos do Pai, que recebem  Revelações Divinas e Cósmicas, e fazem  contatos imediatos com os necessitados, vivos e mortos, para auxiliar na solução de problemas, pela concessão de graças.

A graça dada e concedida, mas não utilizada, transforma-se em carma para aquele que pediu, ficando em dívida para com o Plano Divino.  Por isso, é preciso pedir arrependimento e perdão, desde a primeira vida encarnada, por todas as graças recebidas e não aproveitadas. 

 

Como pedir a graça em cada consulta que fizer:

1º- Pedir os resgate de todos os carmas  e das consultas solicitadas, mas não cumpridas.

2º- Fazer um exame de consciência, para certificar-se de que o mal praticado foi devido ao seu egoísmo, egocentrismo e individualismo ou falta de amor ao próximo.

3º- Pedir o arrependimento e o perdão pela falta de amor verdadeiro, pela sua negatividade e incompreensão.

4º- Agradecer, sempre, pedindo a mesma graça, para outros que também necessitam de ajuda espiritual.

5º- Colocar na Corrente Cósmica todos os pedidos de graça, direcionando a todos, principalmente, para aqueles que não têm fé e crença, determinando e firmando.

6º- Agradecer, em nome de todos, oferecendo os seus créditos espirituais e concedendo todas as graças para os espíritos necessitados e aflitos que estão purificando e sofrendo.

 

 

 

A mediunidade usada de má fé na prática da maldade

 

Todos que têm mediunidade e praticam o mal, estão prejudicando a própria mediunidade, porque perdem o seu potencial de Luz.

Aquele que pratica o bem, recebe graça para o outro e para si próprio, pela Elevação do Espírito e da Alma e pela Evolução e Desenvolvimento, sendo um Grande Instrumento de Luz Divina e Cósmica de todos os Espíritos de Luz.

Todos os médiuns que têm o seu captar e perceber perfeitos conseguem contatar com Deus, Jesus, Maria e José e com todos os Santos de Luz, pelo pensamento.  Mas aquele que está usando a mediunidade pela má fé e incompreensão, está se tornando um espírito escuro, sem Luz, não recebendo nenhuma Revelação Divina e não tendo mais acesso ao Mundo Espiritual Divino e Cósmico.

Todos os médiuns que estão mais pesados e que usam a mediunidade para a prática do mal, são usados por obsessores, que são espíritos do mundo sem Luz e pertencem aos Planetas Netuno, Plutão e Intermediário Purgatório.

Todos os que estão sendo obsessorados, perdem o seu potencial de Luz , ficando pesados, densos, negativos e praticam o que os espíritos sem Luz orientam, tornando-se o mentor para a prática da maldade e da ruindade.

O médium, que tem premonição, e ao receber a graça não a põe em prática e não a executa, ou faz o contrário do que recebeu, praticando a maldade, purifica e sofre pelos próprios obsessores.

Os médiuns que realizam trabalhos de maldade, prejudicam também os seus familiares e antepassados, pois a família paga e resgata esses carmas, gerados por ele na pratica do mal.

Todos os que são médiuns perfeitos e usam por brincadeira a sua mediunidade, para mostrar a sua força, podem causar o rompimento do seu contato com o Mundo Espiritual Divino e Cósmico, recebendo só dos espíritos sem Luz ou dos espíritos brincalhões que respondem às suas perguntas com mentiras.

Aqueles que desenvolvem a mediunidade devem ter a sua consciência voltada para a Verdade e para a própria Divindade, afim de praticar o amor ao próximo, através do bem.

Todos os Médiuns têm que estar sempre voltados para Deus, Jesus, Maria e São José, Espíritos Santos, Mentores e Guias Espirituais, como Instrumentos Divinos e Cósmicos, fazendo com que os outros médiuns sejam encaminhados à Concepção da Verdade, para não errar, não negativar pelo medo, angústia, incerteza, incompreensão e julgamentos errôneos.

Todo o médium passa por muitas provações é testado pelos Planos Divino e Cósmico, pois sua postura como Instrumento deve fazê-lo verdadeiro, correto, honesto, virtuoso, nobre, digno, bom e consciente da Verdade.  Quando o médium purifica e sofre, não há nenhum médico carnal que o faça melhorar, a não ser o médico sideral.

Todos os médiuns precisam pedir muito arrependimento e perdão de carma, dívida e débito por não cumprirem a suas Missões Sagradas e por não resgatarem os seus carmas, dívidas e débitos, de todas as  vidas passadas. Precisam  muito da sua Força Cósmica e Divina na realização e concretização dos  Trabalhos Divinos e Cósmicos.

A maioria dos médiuns perfeitos tem medo e receio de trabalhar para Deus, como Instrumento Divino e Cósmico, porque não sabe usar o seu potencial de Luz e acaba por perder a própria mediunidade, por errar e confundir as Revelações Divinas ou por não entender, não compreender e não usar a Revelação Divina na prática do bem e do amor ao próximo.

Todos os médiuns deverão ser bem Conscientes, Onipresentes, Onipotentes e Oniscientes, para estarem em todos os lugares, em todos os planetas e dimensões.  Para isto acontecer, deverão estar em Graça Divina e Cósmica, para atuarem em todos os campos de Luz e poderem ser úteis aos Planos Divino e Cósmico, na prática do bem e do amor ao próximo verdadeiros.

Um só médium pode realizar e concretizar todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos de uma só vez, favorecendo a todos, de todos os planetas e dimensões, pelo Pensamento Universal.

Poucos são os médiuns perfeitos que não caíram de Dimensão.  Muitos estão perdendo a sua mediunidade porque são egoístas, egocêntricos ou individualistas, não fazendo o Trabalho da Obra Divina.

Aqueles que conseguiram realizar e concretizar a graça maior de todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, que receberam as 109 Consagrações e que conseguem estar na Corrente Cósmica, sendo Instrumentos Divinos e Cósmicos, sob o comando e direção de Deus, o Todo Poderoso, estão conseguindo realizar o Trabalho completo, estimulando todos os espíritos para trabalharem para o bem e por amor ao próximo.

Cada um tem que crescer no sentido vertical, na sua Elevação de Alma e Espírito, na sua Evolução e no seu Desenvolvimento para que o mundo possa melhorar e que todos possam alcançar a grande graça de serem Instrumentos de Luz no Cosmos, direcionando todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos para o bem e o amor verdadeiro ao próximo, em todos os planetas e dimensões, de uma só vez.

Todos os médiuns verdadeiros, que estão em Missão Sagrada em todo o planeta Terra, deverão estar juntos na Luz, formando uma só Luz e um só Corpo de Cristo, na Nova Era, cumprindo o que prometeram, de limpar a energia negativa de todos e de fluidificar de Luz e Força Divina e Cósmica os planetas Inferiores, para chegarem na Luz.

Os que ainda não despertaram para a Verdade, estão purificando e sofrendo e, por esta razão, negativam e entram na escuridão.

 

 

 

O Espírito de Luz e a mediunidade sendo Instrumento Divino e Cósmico, em todos os Planetas e Dimensões.

  

A evolução e  desenvolvimento dos Espíritos de Luz para  a elevação de alma e de espírito, são dados pela prática do bem e do amor ao próximo.

Somente os puros e perfeitos na Luz, que não têm  maldade e  ignorância, que se dedicam verdadeiramente, através do Amor, são os que concebem a Graça Maior de poder usar a sua mediunidade pela Fé Concreta e Convicta, pela intuição, captação e percepção.  Dedicam  suas vidas, como Instrumentos Divinos de Deus, de Jesus, de Maria, de José e de todos os Espíritos Santos,  vibrando em pensamento para que o outro receba todas as Graças Divinas, bem como, os seres viventes e energias e para si mesmos, pela lei de “causa e efeito”.

Todos voluntariamente, têm condição de serem Instrumentos do Cosmos e  Guias Espirituais, na qualidade de Cavalos Brancos, Guias da Natureza, de Poder, de Santidade e, também, como Astronautas, Guias de Falanges, dos Astros, dos Cometas, das Estrelas, da Lua e das Constelações.

Cada um que se dedicar a uma atividade constante e presente com os guias direcionará, dentro de cada área como Instrumento Divino e Cósmico a condução dos outros seres viventes, de todos os Planetas e Dimensões, para a Luz Divina e Cósmica.

Todos que recebem  incumbências e conduzem as próprias vidas como Instrumentos Divinos e Cósmicos, usam o captar e o perceber, para receberem Revelações Divinas, atuando, rapidamente, em pensamento ou concretamente, por meio de ação, para a realização de Trabalhos Divinos e Cósmicos.

Aquele que é Instrumento Divino e Cósmico e usa a sua mediunidade perfeita e pura, não pode e não deve ter nenhuma dúvida, porque deve saber conduzir, verdadeiramente, para que tudo seja completo e perfeito, na realização e conscientização de cada Trabalho Divino e Cósmico.

A verdadeira fé cristã  que tem o médium perfeito e puro, só é válida quando dedicada ao próximo, com humildade e amor.  Todos os médiuns perfeitos e puros devem dedicar-se ao Trabalho Divino e Cósmico. Para ele não existe hora ou trabalho, tudo é feito e realizado no agora, na hora em que o outro necessita de ajuda.  Por isso, a sua dedicação é de 24 horas,  aos vivos e aos mortos, no Planeta Terra e em todos os Planetas e Dimensões.

Quando o médium está dormindo e sai do corpo físico, o seu corpo astral, na forma de energia etérea, consegue ir e vir, com facilidade, em todos os lugares de uma só vez, realizando e concretizando os Trabalhos Divinos e Cósmicos, com perfeição e astúcia, para que a graça seja concedida.

Eles têm acesso aos Planos Divino e Cósmico, porque têm  leveza de espírito,  alma bondosa e generosa.  Por isso, são capazes de fazer tudo pelos outros,  para servi-los, não cobrando pelo trabalho e dedicação.

Quando o médium alcança a graça desejada pelo outro, não se vangloria, mas sempre está pronto para atender a quem quer que seja, com presteza, tendo  certeza de que é capaz de ajudá-lo, porque tem a consciência de que é só um Instrumento de Luz, um condutor dos Trabalhos Divinos e Cósmicos, que Deus, o Pai, lhe deu e concedeu pelas graças das Consagrações de Luz e pela elevação de Alma e Espírito, pela dedicação constante,  prestada a outro ser vivente e energias.

Todos têm mediunidade  pois é nata em cada espírito, podendo ser de Natureza, que significa que é mais voltada aos seres da natureza, à própria natureza e a todos os seres viventes e energias, de todos os Planetas e Dimensões.

Os que têm mediunidade  voltada para o Poder; têm liderança nata e guiam a todos através do  Espírito de Força Divina e Cósmica.   Estes conseguem formar uma civilização, assim como, governar e criar  Leis e  Normas necessárias ao Progresso e à Ordem.

Os que são médiuns de Santidade, dedicados à sua Missão Sagrada, encaminham outros a fazerem o mesmo, tornando-os Religiosos, Místicos ou de Poder, para que possam seguir o Dom de Mediunidade, tornando-se bons Instrumentos.

Todos os médiuns perfeitos e puros, sabem que não podem e não devem errar, pecar e criar  carma, porque perderão a mediunidade e não conseguirão mais ter  contato com todos dos Planos Divino e Cósmico, com Deus, Jesus, Maria e José, com todos os Santos, como também, com os seus Mentores, Anjos, Fadas, Gnomos, Duendes, Guias de Santidade, de Poder e da Natureza, porque estes se afastam e em seus lugares, os espíritos baixos e sem luz se aproximam e tomam o poder, fazendo-os obedecer às suas ordens e praticar o mal, conduzindo-os para as trevas.

Todos os que usam a  mediunidade para a prática do mal, caem de Dimensão de Luz e tornam-se instrumentos da prática do mal, perversos e violentos, sem luz e sem consciência da Verdade, não conseguindo receber graças, causando purificações e sofrimentos. Todos os que querem continuar sendo  instrumento médium  perfeito e puro para a prática do bem, devem, sempre:

  Fazer a limpeza da sua aura, na forma etérea, astral e física, para não deixar ou  permitir que algum espírito possa encostar e sugar a sua força. 

  Corrigir e consertar  vícios e defeitos, para que sejam Espíritos de Luz Maior e de Força Maior Divina e Cósmica. 

  Vigiar, para sempre estar junto de Espíritos de Luz dos Planos Divino e Cósmico e para não serem usados como instrumentos do mal.

  Não guardar segredo de Revelações Divinas, passando toda a Verdade e conduzindo os demais a serem, também, verdadeiros, honestos, honrados, nobres, dignos e virtuosos.

  Ter certeza do seu desempenho, agindo com determinação e firmeza.

  Fazer a proteção, bem forte, para não pegar  obsessor vivo ou morto, não dando passagem a atos de maldade de outro e nem ficar com raiva, ódio, rancor, mágoa, pressa, nem desolados ou desorientados, mentindo, criando confusões e perturbações, não serem falsos e negligentes. Fazer todos os dias, as Consagrações de Luz para a elevação de alma e espírito.

  Dedicar-se e participar de todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, em pensamento, para ajudar a todos, de todos os Planetas e Dimensões, no Astral Superior Divino e Cósmico.

  Evoluir e desenvolver, para que sejam, cada vez mais rápidos e eficazes em seus Trabalhos Divinos e Cósmicos e para terem acesso a todos os Planetas e Dimensões.

  Fazer, todos os dias, a confissão, pedindo perdão em seu nome e em nome de todos, de todos os Planetas e Dimensões.  Cada um deve ter a Consciência da Verdade para conduzir sua vida à Divindade, sendo sublime, tendo Amor Divino e Cósmico,  sendo um bom Cavalo Branco, para não prejudicar a si e aos outros.        

  Elevar-se na Corrente Cósmica e, de lá, direcionar para todos, de todos os Planetas e Dimensões, as vibrações em pensamento, incessantemente, repetindo a cada fração infinitesimal de segundo, até o ano 5000.

  Ter gratidão pelo Trabalho Divino e Cósmico, que é a graça maior, fazendo o outro  também sentir gratidão, auxiliando-o a usar a sua mediunidade.

  Atuar, de maneira imparcial, tendo sempre a Consciência da Verdade para não errar, não pecar e não criar carmas, dívidas e débitos. Devem ser conscientes e verdadeiros consigo mesmo e com todos os seres viventes e energias, de todos os Planetas e Dimensões.

 

Todos os médiuns, quando são perfeitos e puros, têm boa vontade e não negam benefício ou ajuda ao próximo, seja para quem for, no corpo físico ou sem o corpo físico.  A sua dedicação é para Deus, Jesus, Maria e José, e para se tornar um Espírito Santo.

Os médiuns para serem perfeitos, devem ter  princípios cristãos. Os que não ajudam o outro, verdadeiramente, perdem a sua mediunidade e purificam no ato, sem que possam se defender. 

Cada médium tem a  hora para abrir a sua Luz e ativar.  O grande segredo para ser um bom Instrumento Divino e Cósmico é dar passagem para todas as Revelações Divinas, Ensinamentos, Orientações e Esclarecimentos, e a todas as mensagens e cânticos, para saber a Verdade e de onde está recebendo, se em nome do Guia ou de Espíritos de Luz dos Planos Divino e Cósmico ou de algum Planeta ou Dimensão Superior.

Todos os médiuns perfeitos têm que ser bem conscientes e verdadeiros para que os Espíritos de Luz possam usá-los como Instrumentos Divinos e Cósmicos. Devem obedecer, terem muita disciplina, serem limpos no espírito e no corpo físico.  Devem, também, respeitar o outro que está nas trevas e ajudar, verdadeiramente,  a elevá-lo, iluminando-o e conduzindo-o para a Luz.

 

 

Contato Imediato De Terceiro Grau

 

O contato do médium com:

  Todos do Plano Divino, se dá através do pensamento; basta pensar que todos estão recebendo vibrações de Luz e Força Divina.

  O Plano Cósmico,  se dá através de vibrações da energia em movimento, recebendo a força, o calor e a intensidade da Luz.

  Os Espíritos de Saturno, se dá através da força da fé, da paz e da ajuda espiritual, somando-se às energias de Luz e Força Divina e Cósmica.

  Os Espíritos de Vênus, se dá através da força do amor e da Luz na compreensão e na sabedoria em todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos.

  Os Espíritos de Marte, se dá para que todos possam ser Instrumentos de ajuda ao próximo, para que este receba Revelações Divinas, ensinamentos, orientações e esclarecimentos. Todos os espíritos de Marte são imediatamente contatados, por serem Cavalos Brancos.

  Os espiritualistas dos planetas: Terra I, II, III, IV, V e VI, se dá para que se forme um só Corpo de Cristo, fazendo a junção no espírito, na alma e nas suas partículas, para que cada um possa ajudar o outro, verdadeiramente.

   Os espíritos de seres viventes de Júpiter, se dá para que cada um possa receber a graça da purificação do espírito na Luz e poder voltar para o universo, livre e cósmico.

  Os Espíritos do Purgatório, se dá através do pensamento, para iluminar e pedir arrependimento e perdão, consagrando-os para que se tornem Divinos e Cósmicos, subindo assim, para dimensão maior na Luz. Isso pode ser feito através de missas, cultos, luz de velas, pedindo perdão de: carma, dívida e débito, oferecendo ensinamentos, orientações, esclarecimentos e a desobsessão para todos.

  Os Espíritos de Netuno, se dá somente através da Luz, por não aceitarem a Divindade, não dando passagem para a Verdade.

  Os Espíritos de Plutão, se dá para que recebam a Graça do arrependimento e do perdão, para compreender, entender e aceitar a Verdade, saindo das trevas e indo para a Luz.

Todos os médiuns deverão lembrar-se, sempre, dos espíritos perdidos, abandonados, vagantes, destroçados e desintegrados, mantendo contato e guiando-os para a Luz.

 

 

Médiuns de fluídos nos Trabalhos Divinos e Cósmicos, em todos os Planetas e Dimensões

 

Todos os médiuns de fluídos são rápidos e velozes em seu captar e perceber e usam a sua Luz e  Força Divina e Cósmica para iluminar seus canais de comunicação com as entidades dos Planos: Divino e Cósmico.

Por serem espíritos extra-especiais, nascidos com todos os canais de comunicação abertos na Luz, usando-os  para compreender, entender e agir imediatamente, ao captar uma Mensagem ou Revelação Divina, percebe com perfeição, o resultado que lhes é mostrado pelo 3º olho.  Em cada Trabalho,  o resultado é imediato e instantâneo, porque o processo já tem seqüência  programada pelos Planos: Divino e Cósmico.

Quem tem o poder do Espírito Santo, recebido através das Consagrações, dadas e concedidas pelos Planos: Divino e Cósmico no dia-a-dia, por ser um Grande Instrumento de Luz, consegue a sua elevação de alma e espírito, tendo o merecimento de receber, dentro de si, toda a Verdade, usando o pensamento positivo, leve e eficaz por trabalhar com as energias de Luz e Força  Divina e Cósmica, para a sua evolução e desenvolvimento espiritual no sentido “Vertical”.

No Novo Sistema da Nova Era,  os que habitam nos Planetas Saturno, Vênus, Marte, Terras I, II, III, IV, V e VI, terão que usar o grande potencial de Luz Maior para serem  bons “Cavalos Brancos” do Pai, de Jesus, de Maria, de São José, da Trindade Santa e de todos os Espíritos Santos de Deus, como Arcanjos, Serafins, Querubins, Fadas, Anjos, Gnomos,  Duendes dos Planos Divino e Cósmico, junto com os Guias da Natureza, de Poder e de Santidade, de todas as Falanges, dos Astronautas, para  direcionarem a todos, de todos os Planetas e Dimensões, os Trabalhos Divinos e Cósmicos, na Corrente Cósmica.

Todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos são criados pelos Planos: Divino e Cósmico, para benefício e engrandecimento de todos, em todos os planetas e dimensões, para que se desenvolvam e evoluam e se elevem à 4ª Dimensão, todos os que vivem e habitam nos planetas: Terras I, II, II, IV, V e VI.

No Novo Sistema de vida espiritual no Planeta Terra I,  os médiuns de fluídos deverão preservar a sua integridade e pureza espiritual, recebendo as Revelações Divinas de dentro para fora, para não caírem das Dimensões de Luz e de Força Divina e Cósmica, porque quando se tornam negativos, não recebem mais  Revelações Divinas e entram em processo contrário à Verdade, baixando a Dimensão de Luz , de acordo com a gravidade dos seus atos, comportamento e atitude.  E, para crescerem novamente para uma Dimensão Superior Maior, não recebendo  a ajuda espiritual dos Planos: Divino e Cósmico, terão que usar  todos os Ensinamentos e Orientações recebidos e aprendidos de fora para dentro, através de estudos e pesquisas, vibrando, incessantemente, pelo pensamento a bondade e o amor para todos, sem cobrança, mas com muita fé e dedicação, para que os outros seres viventes possam estar mais iluminados e energizados de Luz e Força Divina e Cósmica.

Quando o médium de fluídos usa a sua Luz e Força Divina e Cósmica de maneira perfeita e precisa, no tempo certo, o resultado é surpreendente.

Foram criadas as Energias Tripotencial, Tridimensional, Quadripotencial e Quadridimensional, para maior velocidade e rapidez na utilização da Força e da Luz Divina e da Força e da Luz Cósmica, com a finalidade de acabar e neutralizar, no ato, toda e qualquer energia negativa.

Quando todos os médiuns de fluídos usarem a Luz e a Força Tripotencial, Tridimensional, Quadripotencial e Quadridimensional, adquirirão novas metas nos Trabalhos Divinos e Cósmicos, na realização e concretização das graças para todos, de todos os planetas e dimensões, de uma só vez, conforme a Vontade do Pai, para que seus amados filhos da Luz governem as energias de seres viventes, lugares e espaços com rapidez e velocidade, 

 

 

 

Médium de fluídos na fé concreta e absoluta

 

Todos os médiuns de consciência aberta na Luz, têm fé concreta e absoluta.

Todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, em pensamento, são feitos, realizados e concretizados junto com todos dos Planos: Divino e Cósmico, sendo Instrumentos para direcionar todos os que são médiuns de fluídos e guiados por todos do Cosmos.

Os Trabalhos são realizados e concretizados através da Luz, em vibração constante pela energia, na forma etérea e no astral, passando a existir de forma perfeita e concreta.

Uma vez existindo a forma na energia, passa a existir na forma absoluta. Todos os médiuns que têm a percepção e a captação passam a se contactar com essas energias criadas e imaginadas através  de sentir, de ver pelo 3º olho e, também, da própria captação e percepção através da Luz.

Quando a Fé é Convicta e Concreta passa a ser absoluta e verdadeira. Por isso, os médiuns que são Instrumentos Divinos e Cósmicos, conseguem realizar e concretizar todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos em pensamento, movimentando-os e colocando-os na Corrente Cósmica.

Todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, que são revelados, ensinados, orientados e esclarecidos, serão passados em pensamento para todos, de todos os planetas e dimensões, vibrando na Corrente Cósmica, direcionados para cada ser vivente e energias em todas as dimensões, de todos os planetas de uma só vez.

Todos os médiuns de fluídos recebem, por antecipação, as Revelações Divinas que devem ser seguidas conforme a seqüência do Trabalho Divino e Cósmico.

Todos que têm dúvida não são médiuns perfeitos de fluídos, por isso, precisam de ajuda por serem negativos e não terem, Fé Concreta, Convicta e Absoluta.

Os médiuns de Fé Concreta e Convicta devem determinar e firmar, junto aos Guias, para que ninguém  cobre ou corte o trabalho feito.

Todo médium de fluídos sente e percebe, de antemão, se o  trabalho é  em benefício verdadeiro de Amor ao próximo ou se está prejudicando a outros e a si mesmo.

A captação e a percepção do médium de fluídos é instantânea. Por isso, o Trabalho Divino e Cósmico é rápido e veloz e a conclusão é de perfeita realização, num instante , na luz.

Agora, na Nova Era, todos devem evoluir e se elevar, praticando o Trabalho do Pensamento Positivo, fluindo e iluminando a todos, de todos os  planetas e dimensões, dando e concedendo a Graça Divina, de uma só vez.

Todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, estão sendo colocados na Corrente Cósmica e vibrados em pensamento, direcionando para cada ser vivente, energias, espaços e ambientes de todos os planetas e dimensões, pelos Deuses e Deusas da Fertilidade no Amor Universal, a cada fração de segundo, infinitas vezes, até o ano 5000, quando todos deverão ser puros e perfeitos na Luz.

 

 

Mediunidade de fluídos para todos os Deuses e Deusas da Fertilidade no Amor Universal

 

O médium de fluidos deve libertar-se dos opositores e dos opressores, dos que são Líderes Espirituais que tomam decisões por si mesmos e agem e negativam pela sua força contrária,  influenciam na atitude, comportamento e ação, sendo autoritários, mandantes e donos da verdade. Todos terão que se libertar dos que  erram, criam  carmas,  dívidas e  débitos, através do comportamento, da atitude e da ação.

Todo médium de fluídos não deve reclamar, lamentar ou conduzir o Trabalho dos Planos Divino e Cósmico com má vontade, preguiça, vingança ou por querer prejudicar o outro, porque tem resgate com aquela pessoa ou com a família. Não deverá vingar-se ou cobrar, fazendo o outro ser vítima e usá-lo em sua própria conveniência ou por maldade, ruindade, ignorância e iniqüidade.

O médium de fluídos deverá ter cuidado e vigiar, sempre, para não ser vítima de maldade, de ruindade e de iniqüidade dos opressores e obsessores que são mandantes e  querem para si todas as respostas verdadeiras para solucionar os seus problemas, sendo autoritários, vampirizando sua energia e a Luz.  Deverá realizar e concretizar, no ato, todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos que receber em Revelações Divinas por intuição, colocando na Corrente Cósmica na hora, e nunca deixar para fazer depois, porque poderá esquecer e não receberá mais a mesma Revelação Divina.

Todos os médiuns de fluídos deverão estar bem  conscientes, abertos na Luz e positivos para que recebam, somente, boas vibrações e Revelações  de  Ensinamentos, Orientações, Esclarecimentos, Mensagens de Luz, de Amor e Revelações Divinas, vindas dos Planos: Divino e Cósmico.

Todo médium de fluídos deverá ser livre de preconceitos e de tudo o que é conceito errado e negativo, como de todas as superstições, para que possa se libertar e sair da própria purificação e sofrimento. O médium de fluídos purifica na hora, por isso, é preciso que cada um possa estar bem consciente de que deve saber o que é certo e verdadeiro, no ato de pensar. Mentalizar, imaginar  e criar falsa ilusão ou fazer qualquer trabalho para prejudicar o outro, criará carma, dívida e débito para si mesmo.

O médium de fluídos deverá ter sempre a Iluminação Maior e a clareza em tudo que criar e imaginar, para não prejudicar ou ser falso no seu trabalho, comportamento, atitude e ação.  Não pode ter raiva, ódio, rancor, ira, mágoa, vingança, perseguição de outros espíritos sem Luz, porque tem que respeitar o livre arbítrio de todos que se encontram em Planetas Inferiores e dimensões baixas e não são conscientes e verdadeiros.  Todos devem ter  a certeza absoluta de que seus atos são para a prática do bem e do amor ao próximo.

Os médiuns de fluídos deverão captar e perceber o som, a imagem, a forma, o tamanho e a qualidade da vibração, se rápida ou lenta, de cada energia ou ser vivente, mesmo à distância, sabendo analisar, pelo recebimento das Revelações Divinas dentro de si, por intuição. Deverão guardar segredo quando lhe é revelado algo de uma pessoa ou ser vivente.

Todo médium de fluídos não pode ter vantagens e querer roubar, furtar  e tirar o que quer do outro,  fazendo-o pagar o seu trabalho com coisas materiais e nem se fazer de vítima àquele que está necessitado de ajuda, para extorquir dinheiro ou coisas do seu interesse, dizendo que é para o Trabalho Divino e Cósmico. O erro, a falcatrua, a falsidade na execução de Trabalhos Divinos e Cósmicos, não são dirigidos por Deus, Jesus, Maria e São José ou pelos Espíritos Santos. Estas são atitudes de espíritos sem Luz, que os estão usando como instrumentos do mal. 

Quando o médium tem dúvida, deverá perguntar dentro de si ao seu Mentor. Este não responderá na hora, porque a dúvida é negativa e somente quando estiver em sintonia e harmonia, na paz, é que a resposta será dada, dentro de cada um, mostrando pelo Terceiro olho a Verdade, analisando e explicando para que seja entendida, compreendida e aceita.

A mediunidade do médium de fluídos não pode ser estática, sem movimento, porque pode se tornar negativa e ser usada como instrumento dos obsessores das trevas, dando muito sono, muita preguiça e fechando sua Luz. Essa mediunidade é muito leve e sutil. Qualquer negatividade vinda de susto ou de medo, assim como  tristeza, melancolia, angústia, ansiedade ou preocupação, o torna escuro e pesado, sendo usado como instrumento para a maldade. Os que mais prejudicam o médium de fluídos, são os obsessores vivos que influenciam na vontade, desejo e querer.  É preciso pedir perdão e arrependimento, corrigir e consertar para não sofrer dor.

O médium de fluídos, sofre dor no corpo físico quando usa o pensamento contrário e negativo às Revelações Divinas e Cósmicas, por não saber discernir e realizar o Trabalho Divino e Cósmico em benefício de si próprio e de outros na positividade, em paz e amor.

O médium de fluídos deve ter pensamento, mente, coração, alma e espírito de muita bondade e amor, para realizar e concretizar todos os Trabalhos Divinos e Cósmicos, sendo Instrumento de Luz Maior, para direcionar para todos, de todos os Planetas e Dimensões de uma só vez, entrando dentro de cada um para iluminar, fazendo todos entrarem dentro de si, como Instrumento Divino e Cósmico, para formar uma só Luz e Força Maior Divina. Para a mediunidade ser mais evoluída, elevada e desenvolvida, deve ser usada com bom senso e dedicação em trabalhos de verdadeiro amor ao próximo e a todos, de todos os Planetas e Dimensões.