15. DETESTAR e Teimar

   

Que é detestar?

Significa não gostar, não aceitar e negativar. Esta situação gera uma mácula que prejudica a sua energia. Por isto, é necessário retirar o que detesta, guarda, sofre e sente, pois dessa forma não dá passagem para a Luz e ao ficar se remoendo, não consegue amar e ser feliz.

Quando uma pessoa não aceitou os pais, parentes e família em geral, não conseguiu amar, se doar e ser feliz.

 

O que fazer?

a) Perdoar e aceitar o outro como é.

b) - “Eu perdôo todos aqueles que me fizeram mal”.

c) - “Retiro corto, quebro e queimo com o Fogo Sagrado o modo como as pessoas me tratam, que não gosto e não aceito.”

d) - “Todas as pessoas estão cruzando os perdões, se arrependendo e retirando todas as mágoas, raiva e bronca”.

e) Para ser Luz, retirar:

- O ódio, o abandono, os conflitos, o desejo do mal, a ganância, a crueldade, as brigas, a separação, a manipulação, a incompreensão, a vingança, a chatice, a insatisfação, violação de leis, mania de tirar satisfação, a contrariedade e a corrupção.

- A falta de: amor, carência afetiva, perdão, arrependimento, concordância, iluminação, viver bem, aceitar e entender o outro.

- “Tudo que aconteceu desde a primeira vida, que hoje detesto e está no inconsciente, subconsciente, consciente, recordação, lembrança e memória, está sendo retirado de mim e do outro para que todos possam ser felizes”.

 

  

O sentimento de detestar

 

- “Retiro, desvinculo, neutralizo e jogo na Fogueira Santa todas as coisas que detesto, tenho medo, me faltam ou atrapalham minha evolução”.

 

Detesto: vícios, manias, defeitos: roubos, furtos, estupros; inveja, feitiçaria, macumbas; má vontade, não aceitação, incerteza, raiva, rancor, ódio, mágoa, ira; tristeza, medo, melancolia, agonia, ansiedade, angústia, depressão; desânimo; levar: pancada, aperto, toque, cutucão, palmada, tapa; ser observado; cochichos, discriminação, grosseria, baixaria; arrogância, convencimento; brincadeiras de mau gosto, traição, orgulho, chateação, teimosia; ociosidade; perdão, sentimento de culpa; preguiça, bronca, palpites; insegurança, fragilidade; mau olhado; políticos desonestos; inconformismo, insatisfação, incompreensão; vestir roupa molhada, ficar sujo com mau cheiro; fraquezas, anomalias, imperfeições; escovar os dentes, tomar banho; limpar a casa, lavar louça, lavar ou passar roupas; molhar as plantas; trabalhos manuais.

 

Medo de: morrer, ser comandado pelo cônjuge, sofrer pouco caso; perseguição, rejeição, prepotência, hipocrisia, injustiça; burrice; relacionamentos; maus tratos, fazer contatos; convívios; amar e ser amado; desconfiança, agressividade, violência, estupidez, xingamento, palavrões, vingança, rebeldia, mentira, falsidade, desonestidade, provocação; tomar remédio, vacina, injeção; susto, seqüestro, racismo; do que vê e lê; que me caiam coisas sobre a cabeça; que me prendam, segurem ou amarrem; ser enganado; relâmpago, trovão, enchente, sol forte, seca, chuva, frio; erupção, crateras, meteoro, queimadas, incêndio; deslizamento, maremoto, terremoto, vendaval; desmatamento; confessar os erros; tocar em defunto.

 

Falta de: respeito, sinceridade, decência, equilíbrio; conforto, alimento, água; carinho, atenção, ser correspondido; amor próprio, consciência, vergonha, gratidão; ser bom vizinho, discernimento, caráter, estudo; conhecimento, vontade, coragem, organização, coerência; pontualidade; brio, ética, sabedoria, aprendizagem, raciocínio, inteligência; colaboração, sensibilidade, cidadania, companheirismo; perturbações, apoio, sensatez, reconhecimento, aprovação; coordenação motora; associações, liderança, comandar; humildade, resultados, corresponder às expectativas, não saber dar valor; emprego, não saber receber uma graça; noção das coisas, critério; carinho, afeto; memória.

  

 

Teimar

 

Quem tem teimosia são geralmente pessoas que têm compreensão e sabedoria.

Ela é negativa quando a pessoa não aceitou, não entendeu e não compreendeu. Por isto, é preciso corrigir e consertar para melhorar.

 

Quando uma pessoa manda fazer uma coisa de um jeito e a outra faz de outra forma que acha mais correta e fácil (para ela), surgem desavenças, pois quem mandou não aceita e teima que está errado.

O que acontece?

a) A situação negativa duas vezes, porque uma não obedeceu e a outra não entendeu, não compreendeu, não aceitou e achou que tinha razão.

b) O importante é que se uma ficasse quieta e fizesse do jeito que recebeu o comando, não negativaria e não atrapalharia a situação.

c) A razão muitas vezes atrapalha, porque a pessoa ao achar que está certa critica, quer tomar satisfação ou se sente melhor que as outras.

d) Todos que habitam a Terra, Plutão, Netuno e Intermediário-Purgatório têm teimosia, porque pelo seu livre arbítrio sabe o que é melhor, o que tem que fazer e como fazer. No entanto, as pessoas sempre querem ter razão e quando a usam, entram na matéria e no poder criando negatividade.

 

Que fazer?

a) Primeiro, tem que neutralizar o que foi negativado: a razão, o sentimento e a incompreensão, para depois entender e refazer o Trabalho Divino.

b) É preciso esclarecer o espírito e não usar o racional.

c) Cortar, quebrar e queimar a negatividade por ter ficado bravo, irritado, nervoso, agressivo, com raiva, com mágoa, com ira, com rancor, com conflito, angustiado, depressivo, apreensivo, sem controle, desequilibrado, aborrecido, preocupado, chateado, triste, doente, sentido, sem saber o que fazer, por não ter perdoado, por tomar satisfação, por não ter tido sabedoria, não ter Luz e não compreender a espiritualidade.

Mentalizar: - “Corto, quebro e queimo tudo que não gostei, não aceitei, não compreendi, quando usei o orgulho, a maldade, a incompreensão espiritual, a razão, a braveza; a falta de amor, carência afetiva e tudo que não neutralizei, para sair da negatividade e ser Luz”.

d) - “Retiro da lembrança, da recordação, da memória, do inconsciente, do subconsciente e do consciente tudo que aconteceu para não sofrer. Corto, quebro, queimo e desvinculo do corpo físico, etéreo e astral”.

e) Tirar a negatividade da teimosia.

Todas as cargas e energias negativas dos obsessores vivos e mortos (que já estão no corpo físico, etéreo e astral) são removidas, através dos Xamãs e de todas as Galáxias, para que não haja interferência no que é verdadeiro e no que é preciso para melhorar a espiritualidade.

 

 

 Para eliminar a teimosia

 

A teimosia acontece quando não há obediência, disciplina, por querer fazer somente o que se deseja, quando sente vontade de realizar, sem pensar na vontade e certeza do outro.

Todos que têm teimosia são espíritos independentes, que não aceitam serem mandados por outra pessoa, porque querem ter sua libertação através do livre arbítrio.

É preciso retirar toda a força contrária e negativa de quem usou sua teimosia não aceitando as idéias ou certezas alheias, fazendo outros se tornarem negativos.

Para desfazer e neutralizar a teimosia é preciso cruzar os perdões, retirando tudo àquilo que obrigou o outro a fazer, liberando-o; desvincular, cortar e queimar tudo na Fogueira Santa.

A confecção de um Ikebana neutraliza, corta e corrige todo vício da teimosia, ao utilizar as plantas e fixar num “kensan” com determinação e firmeza.

  

Trabalhos práticos para o dia a dia:

 

1) Desvincular todas as pessoas que nos atrapalham diariamente. Fazê-las retirar toda a carga negativa, determinando que elas não querem mais controlar a nossa vida.

2) Tirar a teimosia dos outros, fazendo-os melhorarem sem envolvimento:

- “O (... fulano) está corrigindo os seus erros e sua própria negatividade, pedindo perdão e arrependimento”.

 

 

A língua e a fala, o que viu e ouviu

 

Todos que sofrem estão purificando instantaneamente, pela sua maneira de conduzir a vida, pelas coisas que falou, ouviu, viu, negativou, sem corrigir e consertar, através do pensamento, mente, sentimento, coração, alma e espírito.

 

Palavra

 

Quando algo é falado, mal interpretado e não aceito, cria-se uma rejeição, que volta a carga negativa emitida, para quem falou. É preciso corrigir e consertar devolvendo para quem emitiu, cortando, quebrando, queimando com o Fogo Sagrado, para desvincular e neutralizar.

Mentalizar:- “Retiro e desmancho de todas as minhas vidas, a palavra direcionada pela língua ou fala, quando critiquei, falei mal, fofoquei, menti, falsifiquei, disfarcei, omiti, com a intenção prejudicar ou mesmo quando tentei ajudar. Perdôo quem foi cruel comigo, me agrediu, me violentou, me magoou. Desvinculo e passo a Energia da Luz Divina, perdoando, pedindo perdão e arrependimento pelos males que causei”.

Quando se faz “trabalhos do mal” em pensamento ou na matéria, cria-se um vínculo com espíritos sem Luz, que são os obsessores vivos ou mortos. - “Estou perdoando o que me fizeram de mal e estou recebendo a Luz. Corto, quebro, queimo e desvinculo toda a energia negativa criada”.

A palavra tem força própria e quando falada é gravada, passando a existir de uma vida para outra. É preciso desvincular, cortar, quebrar, queimar, corrigir e consertar. A força da palavra conduz o acontecimento de acordo com cada caso, se positivo vibra no otimismo, se negativo vibra na maldade. O duplo sentido da palavra causa a negatividade, de acordo com a evolução do espírito e a rapidez de entendimento e da compreensão de cada um.

Quando o astral não está iluminado, vibrante e positivo o que se ouve pode causar a negatividade e não dar passagem para a verdade. É preciso desvincular a energia dos obsessores do mal, que influenciam o entendimento e a compreensão, impedindo essa passagem.

Costumamos negativar quando ouvimos: gritos, pedidos de socorro, música alta ou notícias ruins. É preciso cortar, quebrar, queimar e desvincular tudo o que disse e ouviu, sentiu no coração, na alma e principalmente no espírito (pois ele não aceita e cobra). 

 

 

Visão

 

1. O que vimos e presenciamos, cria negatividade por: suposições, imaginações, criações e fantasias.

A inveja (do espírito) e o olho gordo (da matéria) causam a negatividade, acumulando o carma e causando cargas negativas, impedindo o progresso e a prosperidade daquele que tem inveja e daquele que é invejado, porque este também não consegue prosperar e receber as graças. Desvincular e desbloquear todos que têm inveja e olho gordo; retirar aquilo que invejou e bloqueou, cruzando os perdões e recebendo todas as graças na Luz.

 

2. Quando presenciamos pela comunicação: imagens, sons, imprensa escrita ou falada:

É preciso (no ato) cortar, quebrar, queimar e desvincular a força da notícia negativa da maldade, da crueldade, da estupidez, da violência para não copiar e vivenciar o que viu ou sentiu criando uma força contrária e negativa. Retirar essa força da lembrança, recordação, memória, inconsciente, subconsciente e consciente; cruzar os perdões entre os que estão em conflito de guerras, maus tratos, atitudes, comportamentos e ações, para que os carmas, dívidas e débitos possam ser resgatados. Arrepender-se de suas perversidades, incompreensões, desfazendo e desvinculando-se dos outros com o Fogo Sagrado, na força centrípeta e corrigindo com a força das Galáxias.

 

3. Pela preocupação, o medo atrai determinado fato e não o cortando acontece. A energia que sentiu quando estava com medo, apavorado ou em pânico, quando se iludiu criando fantasias que se tornam reais na energia, deve sempre ser corrigido e consertado.

É preciso cortar, quebrar, queimar e desvincular o pensamento, a mente, a ilusão e a criatividade de tudo que viu, sentiu e imaginou com o Fogo Sagrado.

 

4. Quando se pratica a concorrência desleal, sente ciúmes doentios, pratica o mal, repara, critica, condena alguém injustamente e não se corrige, cria uma negatividade e se entrelaça com aquele que está sendo prejudicado, causando o carma por não respeitar a individualidade da pessoa.

Para corrigir todos os que estão negativos, pesados, movidos pelos obsessores do mal (violentos, rancorosos, com raiva, ira e ódio) pedir aos Xamãs, Guias e Ferramentas para retirarem, curarem e conduzirem todos os obsessores vivos, mortos e sua própria obsessão para a Luz. É importante cortar, quebrar, queimar e se desvincular de suas vítimas. Pedir perdão, arrependimento e perdoar.

 

5. Na energia, ao se lembrar das pessoas que possuem a força contrária e negativa, imediatamente cortar, quebrar, queimar e desvincular o pensamento que liga a ela. Quando se recorda através do terceiro olho, de acontecimentos, lugares, pessoas ou seres viventes negativos, deve-se retirar e desvincular no ato, para que possa socorrer na Luz e em pensamento, delegando aos Xamãs, Guias e Ferramentas para que os oriente e os encaminhe para a Luz.

Quando se convive com pessoas que têm maldade, o ambiente torna-se pesado. É preciso retirar a força dessa carga, queimando com o Fogo Sagrado usando sua força centrípeta.

 

      

Audição

 

Quando ouvimos uma notícia boa, sentimos a beleza, a Luz, a paz e o amor. Ao contrário quando se ouve o que não nos agrada: fofocas, críticas, xingamentos, desaforos, atos de maldade e de estupidez, precisamos cortar, quebrar, queimar e desvincular, retirando do coração, recordação, alma, espírito, lembrança, memória, inconsciente, subconsciente e consciente. Passar o Fogo Sagrado nos canais de comunicação: audição, lembrança, recordação, memória, coração, alma e espírito, de dentro para fora e de fora para dentro.